EU ME DESAFIO A VIVER 30 DIAS COM R$ 500,00

Cá estou eu, dia 30, fiz um post quase 20 dias atrás e cadê setembro?

Alguém avisa o moço do tempo que a gente não tá conseguindo acompanhar essa pegada maluca não….

Bom, hoje quero falar de um DESAFIO que eu me lancei. Desafio forçado na verdade. Faz 4 meses que não entra mais dinheiro na minha conta. Só sai. Eu me planejei (planejei não, estou usando minha rescisão) para ficar um tempo parada, mas a grana (ou a falta dela) já está batendo na bunda.

Ontem fiz todas as programações de pagamentos de custos fixos, vi que realmente o dinheiro está indo embora, e no fim do mês você nem sabe pra onde. Só sabe que saiu da sua conta e a sensação é de que você nem fez tanta coisa…..

Programei todos os pagamentos de custo fixo como aluguel, net, cel, energia (que só aumenta mesmo com redução de uso), gás e determinei que eu vou passar o mês de outubro com 500 reais. Em SP.

E assim vai ser. Já tirei o cartão de crédito da bolsa, saquei exatos 500 reais e vou deixar na minha carteira. Começando amanhã.

economixar
Hoje já deu pra ver como só pelo fato de prestar atenção, a gente se observa mais. Fui ao lançamento do livro de uma amiga no shopping Eldorado, a querida Alana Trauczynski. Já tenho o livro dela, então não ia comprar nada, só um beijo e tchau. Eu não sou fã de shopping e mesmo não sendo, esse lugar é a praga do consumo. Quem quer economizar, fuja de shopping, fato. E olha que eu não sou uma pessoa consumista, de fato. Cheguei lá e já vi a deliciosa Baccio de Late e já deixei 10,00. Cheguei na livraria e peguei um livro de uma outra pessoa que já estava na lista de livros pra ler. Na fila fiquei pensando: putz, eu tenho já 2 livros engatados na frente que já estão em casa. Preciso MESMO levar esse agora?

Devolvi. Volto mês que vem.

Voltei de metrô, agora eu tenho até novembro o passe de desempregado então não gasto com transporte, uhu!! Na saída tinha aquele maravilhoso sedutor milho quentinho que vende na rua. Pensei, pensei, olhei mentalmente pra minha geladeira, vi quanta coisa tem lá, olhei pro meu interior guloso e fiz a mesma pergunta: quero MESMO esse milho agora?

Saí de perto e a vontade foi saindo também. Dez passos depois nem lembrava mais que passei essa tentação.

Pronto, cheguei em casa, comi aqui, to no meu chazinho e super empolgada pra ver como eu vou lidar com esse desafio de fazer escolhas e atingir minha meta. 500 reais em 30 dias em SP, a capital do consumo. E porque é difícil pra mim, renunciar quando quero algo. Já fui muito pior. Eu sempre pensava. “Ah já vim até aqui, vou levar, vou comprar, vou comer…. depois eu vejo”…. Mas hoje vi que foi bem mais fácil de lidar com essa sensação de escolher não levar. Hoje né. Não sei depois de um milhão de renúncias, rs….

escolharenuncia

Porque é praticamente impossível sair de casa hj em dia em SP para algum encontro, alguma coisa, sem gastar no mínimo do mínimo umas 50 pila.

Mas eu sou muito criativa, vou sair menos de casa mas não vou deixar de viver mais. Hoje foi só um ensaio, a partir de amanhã é oficial, meu outubro dos 500….

Eu não sou muito de trabalhar com metas comigo, então vai ser interessante…. Espero companhia para acompanhar esse meu desafio e dicas de aproveitamento a baixo custo 😉

***Assina minha newsletter aqui em baixo (só colocar seu e mail) que a gente fica mais perto e eu te atualizo***